Equipe AlfaCon Concursos Públicos

07 May 2019 22:07
Tags

Back to list of posts

<h1>Educa&ccedil;&atilde;o N&atilde;o Por causa Das Complica&ccedil;&otilde;es Da Pequena &agrave;s Exig&ecirc;ncias Do Mercado, Diz Presidente Do Ipea</h1>

<p>Segundo Pochmann, podem ser criados empregos precarizados, se a economia, mesmo crescendo ligeiro, for estimulada por setores regulados por gera&ccedil;&atilde;o de mi&uacute;do valor agregado. “N&atilde;o devemos subordinar a educa&ccedil;&atilde;o &agrave;s exig&ecirc;ncias do mercado de trabalho”, diz o presidente do Instituto de Procura Econ&ocirc;mica Aplicada (Ipea), Marcio Pochmann, em entrevista ao Portal Aprendiz.</p>

<p>Para o economista, somente o grau educacional n&atilde;o &eacute; fator importante pra garantia de um prazeroso emprego. Como a gera&ccedil;&atilde;o de vagas acess&iacute;veis depende assim como de vari&aacute;veis macroecon&ocirc;micas, Pochmann defende que o ensino precisa ser pensado n&atilde;o s&oacute; para compor a procura da economia, contudo pra constru&ccedil;&atilde;o de uma popula&ccedil;&atilde;o superior.</p>

<p>“Uma educa&ccedil;&atilde;o que esteja diretamente relacionada &agrave; compet&ecirc;ncia das pessoas dialogarem”, reitera. De acordo com estimativa do Ipea, o ritmo de 5% da expans&atilde;o da economia em 2011 tende a afetar positivamente o mercado de servi&ccedil;o brasileiro. Dever&atilde;o ser gerados 1,7 milh&atilde;o de novos empregos formais at&eacute; o fim do ano.</p>

<ul>
<li>4- Ultimo edital do concurso</li>
<li>Campe&atilde;o: a do padr&atilde;o CBKC (coincidente com *A* ou *AA*)</li>
<li>Apoiar seus colegas</li>
<li>3 Jurados 3.Um Conclus&atilde;o</li>
</ul>

<p>Portal Aprendiz - H&aacute; liga&ccedil;&atilde;o entre escolaridade e emprego? Quanto melhor o grau educacional de algu&eacute;m maior a oportunidade de estar empregado? Marcio Pochmann - H&aacute; uma correla&ccedil;&atilde;o direta entre emprego e escolaridade. Com Homologa&ccedil;&atilde;o Do Parecer 462/2018, MEC Libera Mestrado E Doutorado &agrave; Dist&acirc;ncia n&atilde;o existe &eacute; o grau educacional como fator importante pra se adquirir um emprego, pelo motivo de esse depende de vari&aacute;veis macroecon&ocirc;micas. Sambaqui Da Ilha Do Cardoso Pode Ser O Mais Velho Do Brasil emprego na propor&ccedil;&atilde;o em que um conjunto de pontos se combina. Se h&aacute; progresso econ&ocirc;mico, evidentemente que empregos s&atilde;o gerados. Nesta ocasi&atilde;o, o tipo do emprego depende do tipo de desenvolvimento dessa economia. Aprendiz - Conseguem ser gerados empregos de baixa propriedade?</p>

<p>Aprendiz - E como a economia poder&aacute; gerar bons empregos em quantidade? Pochmann - Se a economia estiver associada a setores que produzem alto valor agregado. Seria o caso das tecnologias da informa&ccedil;&atilde;o e intercomunica&ccedil;&atilde;o, setores industriais e setor de servi&ccedil;os de superior particularidade. Aprendiz - Sendo assim, o diploma universit&aacute;rio n&atilde;o pode mais ser considerado um passaporte para o bom emprego? Os Engenheiros E Engenheiros T&eacute;cnicos Eletromec&acirc;nicos - No passado, o diploma era isto. Entretanto, tivemos no Brasil, e em outros pa&iacute;ses, uma esp&eacute;cie de banaliza&ccedil;&atilde;o do certificado. Qualquer coisa como uma ind&uacute;stria de certifica&ccedil;&atilde;o e isso andou, de certa maneira, desacompanhado da particularidade do ensino.</p>

<p>Hoje, as corpora&ccedil;&otilde;es n&atilde;o contratam s&oacute; pelo diploma. H&aacute; uma bateria de exames para saber se aquele certificado vem acompanhado de pessoas que sabem aquilo que em tese deveriam entender. Aprendiz - Hoje em dia, existe busca maior por uma m&atilde;o de obra mais capacitada? Pochmann - Sim, estamos vivendo um fen&ocirc;meno relativamente novo no pa&iacute;s, quem sabe s&oacute; comparado ao que o Brasil viveu na primeira metade da d&eacute;cada de 1970, durante o chamado milagre econ&ocirc;mico. O desenvolvimento da economia vem acompanhado de uma expans&atilde;o de empregos e esses est&atilde;o ainda mais exigindo prepara&ccedil;&atilde;o, peculiaridade, certifica&ccedil;&atilde;o ampliada por parte dos trabalhadores.</p>

<p>Aprendiz - Entretanto ainda h&aacute; muito desemprego no povo. Pochmann - Exatamente. Isto &eacute; paradoxal, pelo motivo de falta m&atilde;o de obra qualificada em acordados setores e localidades e, simultaneamente, pessoas pouco preparadas em excesso, que est&atilde;o desempregadas. Essa circunst&acirc;ncia necessita de uma remodela&ccedil;&atilde;o da pol&iacute;tica de emprego no Brasil, pesquisando propriamente apagar os desn&iacute;veis entre a busca por trabalhadores e a oferta desses trabalhadores.</p>

depositphotos_188342022-stock-illustration-official-white-certificate-of-appreciation.jpg

<p>Aprendiz - O que &eacute; necess&aacute;rio fazer nesta remodela&ccedil;&atilde;o? Pochmann - Necessita-se melhor olhar aqueles trabalhadores que est&atilde;o qualificados e poderiam estar ocupando vagas, no entanto moram em acordados locais onde n&atilde;o se descobre esse emprego. Existe um problema de informa&ccedil;&atilde;o, inclusive, porque empresas querem contratar estes trabalhadores e n&atilde;o sabem que eles existem.</p>

<p>Tem que-se combinar a intermedia&ccedil;&atilde;o de m&atilde;o de obra com a qualifica&ccedil;&atilde;o e, ao mesmo tempo, os proveitos que s&atilde;o fatos &agrave;s pessoas desempregadas. Temos estes 3 pontos, no entanto que n&atilde;o operam de modo sist&ecirc;mica. Pochmann - Sei que n&atilde;o temos que subordinar a educa&ccedil;&atilde;o &agrave;s exig&ecirc;ncias do mercado de trabalho, j&aacute; que s&atilde;o, em geral, de curto prazo.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License